A Animação da Torcida

A língua da torcida é universal. Na quadra primeiro as equipes dos estados unidos e Turquia e depois Brasil e Serbia. Nas arquibancadas além dos americanos, turcos, sérvios e brasileiros, franceses, canadenses, holandeses, indianos, italianos também faziam parte da festa, de rostos pintados com suas bandeiras, mesmo com suas seleções fora das quadras.

E por mais que haja diversidade a regra e atitude dos torcedores são sempre as mesmas, a tal lingua universal. A onda do Hola é sempre um sucesso e so ganha corpo na segunda volta, o hit dos Black Eyed Peas continua animando o publico, os brasileiros continuam sendo os mais festeiros e os americanos os mais criativos nas fantasias. A cerveja sem duvida a bebida oficial e não há regra na quantidade. Todos lutam por seu minuto de fama, buscando alternativas para chamar atenção das câmeras e aparecerem nos teloes. Faixas “Filma Nois” fantasia de Chacrinha, “Record olha eu aqui”, nao faltou bandeira do curinthias e assim vai ….

Mas para mim as estrelas da noite foram os voluntários que limpavam o piso, com um movimento sincronizado de suas vassouras, quase que uma dança, que se repetia de forma precisa a cada intervalo. Uma combinação de passos deslizados, saltos suaves sobre as vassouras e piruetas delicadas.

Será uma nova modalidade olímpica?!

Tatiana Wlasek

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0