Artigo: Gerações X e Y preferem preços flexíveis a fixos

Todos sabem que os hábitos de consumo das pessoas estão mudando. Mas uma pesquisa feita pela The Curve Report, braço da NBCUniversal Integrated Media focado em tendências de consumo, aponta um caminho interessante para marcas: a precificação flexível. De acordo com o estudo, 66% dos entrevistados com idades entre 18 e 49 anos preferem um modelo variável.

Este caminho pode abrir horizontes para marcas que buscam construir novas relações com seus clientes. Por exemplo, 36% do público entende que seu histórico de compras com a marca deve influenciar no valor a ser pago pelo produto – quanto maior, maior o desconto. Já para 32% dos entrevistados acreditam que eles devem decidir o montante a ser pago pelo item e espera a empresa igualar o valor. Outros 26% acreditam que a interação online com marcas deve ajudar a guiar o preço. Para 22% dos participantes a data de validade deve influenciar na precificação e 21% acreditam que quanto mais assistirem aos comerciais da marca, mais devem ter de descontos.

O The Curve Report aponta que as bases para esse comportamento estão enraizadas nos hábitos da geração X e Y, que se consideram “pechinchadores” e levam em consideração mais o preço do que a conveniência de produtos. De acordo com a pesquisa, isso indica que um grande número de consumidores altera sua lista de compras e deixa de lado a lealdade de marca se houver um produto mais em conta.

Algumas lojas e varejistas já estão adotando o modelo. Utilizando dados de compras anteriores do cliente, oferecem oportunidades e preços baseados no que eles já compraram ou em indicadores que fornecem insights sobre seu perfil, como o tamanho de sua família. Assim, podem oferecer descontos para compras de insumos em quantidade, por exemplo.

Com informações do The Curve Report.
http://thecurvereport.com/

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0