As não tão novas do Mkt Promocional

Recentemente a Ampro divulgou o resultado da pesquisa sobre o Marketing Promocional no Brasil medida com base a opinião de executivos da indústria, contratantes desse tipo de serviço.

A pesquisa é aplicada de 2 em 2 anos em um mailing de 2 mil cadastros dos quais somente 4% em média se dão ao trabalho de responder.

Os dados coletados servem para traçar o cenário atual do mercado promocional no Brasil no que diz respeito a seu valor estratégico, relevância para o negocio do cliente, respeito no mercado e transparência nos serviços prestados.

Confesso que ao saber que somente 4% dos questionários foram respondidos, para mim já ficou claro o grau de baixa importância que ainda é dado para o nosso setor, mesmo sabendo que para efeito de pesquisa esse percentual mostra-se suficiente para a tomada de algumas conclusões.

De modo geral o segmento promocional vem conquistando mais espaço no planejamento dos clientes, principalmente no que se refere a divisão de investimentos, onde as verbas ano após ano vem sendo cada vez maiores em comparação ao destinado para a mídia convencional.

Ao saber disso, logicamente as expectativas de mais trabalho e participação na estratégia dos clientes para suas marcas e produtos aumentam, porém assim como elas, aumentam também a concorrência, a entrada de novas agências e o mais preocupante, a invasão das agencias de publicidade no terreno promocional.

Ficou evidente que os clientes não se incomodam em passar a estratégia e planejamento de uma ativação promocional para sua agencia de publicidade, até porque a maioria dos pesquisados entendem as agencias promocionais como executoras e não estratégicas.

Ou seja, nos últimos 6 anos o segmento promocional cresceu muito e com certeza vem crescendo cada vez mais, no entanto o espaço conquistado vem sendo dividido com quem teoricamente o vinha perdendo, as agencias de publicidade.

Não precisa ir muito longe, basta ver para quem foram entregues os leões de promo em Cannes 2011.

Independente de todo esforço que vem sendo feito na construção e consolidação do mercado promocional por meio da associação e da união das agencias desse segmento, a relevância e respeito junto aos clientes só será conquistada através da qualidade individual de cada uma delas.

Isso porque quando cada agencia é analisada cliente a cliente fica evidente a importância, respeito, comprometimento e fidelidade que existe na relação. Quando todas são colocadas como representantes de uma única categoria, fica claro como o mercado promocional ainda é visto como algo frágil e operacional.

Não se trata de uma estratégia de cada um por si e Deus por todos, até porque uma andorinha não faz verão, mas o que tem que ficar claro é que se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0