O juiz apita: fim da temporada de finais!

Fevereiro. Abertura do Super Bowl. O evento mais assistido nos EUA. Quase 3 milhões de dólares por um comercial de 30 segundos no intervalo. Cristina Aguilera sobe ao palco para entoar o hino nacional norteamericano. As pessoas enchem-se de orgulho. Milhares no estádio em pé. Milhões acompanhando em suas casas pela TV. Tudo perfeito.

Bem, ao menos até a loira se embananar inteira e trocar a letra “O’er the ramparts we watched, were so gallantly streaming” por “What so proudly we watched at the twilight’s last gleaming”. Algumas vaias e infindáveis ofensas pelo twitter.

Assim foi dado o tropeço, quer dizer, o pontapé inicial da temporada de grandes finais dos maiores esportes do planeta: Super Bowl no futebol americano, NBA finals no basquete, Champions League e Libertadores no nosso amado futebol.

O jogo entre Green Bay Packers e Pitsburg Steelers não decepcionou e o time dos Packers levou pela 4a vez o caneco para a pequena cidade de Green Bay. Na hora dos comerciais, novo bons e maus momentos. Nada muito espetacular, mas dentro do esperado para um Super Bowl.

Coloquei aqui os Top 5 e os Bottom 5, eleitos democraticamente por este que vos fala.

No próximo papo, prosearemos um pouco sobre a final da NBA.

Inté!

@rafaelgonzaga

TOP 5

#1 DORITOS – The best part

#2 VOLKSWAGEN – The Force

#3 VOLKSWAGEN – Black Beetle

#4 KIA OPTIMA – One Epic Ride

#5 AUDI – Release the Hounds

BOTTOM 5

#1 GROUPON – Tibet

#2 MINI – Cram it in the boot

#3 CHATTER.COM – Halftime ad 1

#4 CHATTER.COM – Halftime ad 2

#5 SKECHERS – Kim Kardashian

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0