Estratégia ou sacadinha?

Como é a minha primeira conferência estratégica em solo gringo a expectativa não poderia ser maior, já que o Festival nos anos anteriores trouxe muita coisa boa, tanto pra quem esteve quanto pra quem não visitou o evento. O ano passado teve o Paul Woolmington da Naked falando que o mundo vive “always on” e quem quiser ser estrategista vai ter que se virar pra viver assim também.

Além das palestras, discutiu-se muito sobre o poder de curadoria dos planners, mais do que o batido questionamento regional: “qual o papel do planejamento em uma agência”.

Este ano, os 3 patrocinadores do evento (Yahoo, Google e Aol) prometem competir para ver quem vai levar o melhor conteúdo, mas a polêmica deve girar em torno da estratégia como estratégia de atuação (repetindo 2x estratégia, porque considero que em um projeto você tem dois caminhos: o estratégico e o tático, você pode escolher um dos dois e a estratégia já começa nessa escolha).

Mas não devemos escapar dos debates sobre o papel dos estrategistas (também no Twitter), Steve Jobs, Copa do Mundo e a presença cada vez maior e relevante dos brasileiros no prêmio e no Festival. Vai ser um tal de case atrás de case, agora se foram estrategicamente planejados ou se os prêmios vão para incríveis sacadinhas, estaremos lá pra conferir.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0