#eufuipega

Eu costumo dizer que na produção é assim, fez um job, ou você odeia e não chega nem mais perto ou ama e nunca mais larga essa vida. #eufuipega

Poderia ficar aqui horas contando quantas noites eu já virei, quantas planilhas já refiz, quanto frio na barriga já senti, quantas pessoas incríveis já conheci, quantas coisas já aprendi, quão orgulhosa já fiquei quando os jobs acabam e quanta saudades já senti de ações que levaram meses para sair e num piscar de olhos chegaram ao fim.

Ficam só as lembranças do que deu certo e do que deu não tão certo assim, das ‘estórias’, que nunca são poucas e principalmente das pessoas que passaram por aquela jornada junto com a gente, da sensação de dever cumprido.

Com meu tempo de produção e com tudo que passei, preciso admitir que não é qualquer um que segura essa bronca.

Produtor em sua maioria é marrento, cheio de atitude e sempre tem uma resposta para tudo. Mas, fica a dica, quando você precisar de alguém ponta firme, para resolver seu job, chame um que você não vai se arrepender.

 

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0