First of all

Já são 15 dias de Londres. O suficiente para ver e viver muitas coisas, já que estamos falando de uma cidade que tem vida 24 horas por dia.

Estou encantada! E muito feliz e satisfeita também por ter tomado essa decisão que implicou em tantas mudanças, providencias, afastamentos… Estar aqui nesse momento onde a cidade deixa de ser a cidade e passa a ser sede dos jogos olímpicos só aumenta minha vontade de ser voluntária e poder contribuir pra toda essa festa.

Está sendo uma aula de produção continua. Tudo parece funcionar na hora estabelecida, sem correria ou atropelos. Organização, direitos e principalmente – deveres individuais. Os londrinos tem consciência e trabalham para isso. Na rua, nos restaurantes, no curso que estou fazendo, nas boates, teatros, ônibus, metrô, e até na casa da família onde estou hospedada. Soa como um Tempos & Movimentos contínuo. rs

Quanto as Olimpíadas propriamente ditas, minha impressão é que a cidade funciona sem ser perturbada pelas obras, que ainda são muitas e estão espalhadas por vários bairros sem alterar as rotinas dos moradores.

Me chamou a atenção uma big obra na Totheham Court Station. Lá será o ponto que ligará a linha central do metrô à Stratford, onde está localizado o complexo olímpico.

Totheham fica no coração de Londres, ao lado do Soho (o bairro da balada, adooro!) e da Orxford Street (rua das compras onde estão todas as lojas! Dica pras amigas brasileiras que pensam em vir passear aqui). Vocês podem então imaginar a movimentação.

A estação tem entradas e saídas por várias ruas. É lá onde desembarco para ir ao meu curso e, como já sabemos, tradicionalmente tudo funciona como um relógio. É, a tal da pontualidade britânica existe e é fantástica!

Essas obras todas são para os londrinos como um trabalho artístico. As pessoas admiram e convivem com aquilo com entusiasmo, diversão e encantamento.

Continuarei aqui observando tudo e contando pra vocês o máximo possível.
Well, acho que me prolonguei demais, né?
Beijos gelados diretamente do inverno londrino!

See you!
Sheyla.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterPin on Pinterest0Share on Google+0Share on LinkedIn0